Artigos‎ > ‎

Interface Áudio

Interface Áudio para SSTV, APRS, VoiceKeyer, etc.

Bem, este projecto não é nada de revolucionário ou algo que não se encontre pela net, com diferenças a gosto de cada autor.

Tenho-o realizado há alguns meses, no entanto tem faltado disponibilidade e motivação para preparar alguma documentação e o divulgar.

Face à insistência de alguns colegas interessados em algo similar, aqui fica uma descrição rápida que fiz para funcionar como inspiração para outros desenhos personalizados.

Esta interface foi desenhada de forma a ser compatível com o controlo de TX de CW Keying de algumas aplicações populares como o N1MM logger, MMSSTV, etc.

Uma das principais intenções no desenvolvimento da mesma foi o poupar da garganta em concursos mais agressivos e deixar o PC fazer a chamada sozinho, baseado numa gravação de “CQ CONTEST CQ CONTEST CS7ABP CS7ABP CONTEST” pré-gravada.

Funciona de forma compatível com o uso de porta série ou paralela para controlo e é 100% isolada galvanicamente entre o rádio e PC para minimizar interferências mútuas e outros problemas devido a “loops” de massa.

A ligação à entrada de microfone é desacopolada com um condensador para evitar que a tensão fornecida para alimentar os microfones de condensador de electreto circule pelo transformador.

Os componentes foram todos “reciclados”, os transformadores eram de aplicações profissionais em microfones, como alternativa podem ser usados os existentes nos antigos modems analógicos de acesso à Internet por linha telefónica, os foto-acopladores foram aproveitados de fontes comutadas de PC (avariadas), o LED bicolor usado, de um conversor de codificações usado em telecomunicações, mas um simples par de LEDs comum o substitui sem problemas.

Os diodos genéricos nem sei de onde vieram, estavam no stock cá da casa, tal como as resistências, condensadores e potenciómetros.

O buzzer foi recuperado de uma motherboard de PC antiga.

No cenário actual a entrada/saída de som para o lado o PC usa uma placa de som baratucha (tipo “USB PEN”) o que permite evitar que os sons normais do PC saiam inadvertidamente para o transceptor, no fundo o Windows continua a funcionar com a sua placa de som de origem e as aplicações rádio amadorísticas são configuradas explicitamente para usarem a outra placa extra.

As 3 linhas de controlo para o PC podem ser ligadas como já tinha dito a uma porta COM ou LPT do PC, pessoalmente aconselho a primeira hipótese porque nos sistemas operativos mais recentes, especialmente as versões de 64bit colocam bastantes problemas às aplicações no controlo directo das portas LPT.

Do lado da ligação ao transceptor eu estou a usar o conector ACC2 do TS2000E, mas podem ser usadas sem grandes problemas as disponíveis noutros equipamentos.

O fio identificado como YELLOW faz passagem à massa quando o controlo de PTT é activado no PC, esta é a forma típica de controlo encontrada na maioria dos equipamentos, situação idêntica para a linha identificada como BLACK, neste caso com a intenção de controlar o keyer de CW.

O fio GREEN em conjunto com a massa podem ser ligados à entrada auxiliar de áudio (ACC2 no TS2k) como eu fiz ou em alternativa à entrada de microfone.

O fio RED, em conjunto com a massa podem também usar ou a saída de áudio que exista especificamente para estas aplicações ou em alternativa uma saída de colunas externas (speaker), nesse caso recomendo a colocação em paralelo de uma resistência de 100ohm para evitar problemas de qualidade do som devido a forte desadaptação de impedâncias do amplificador áudio.

Para já é o essencial que me lembro sobre este mini projecto, se tiverem algumas duvidas contactem-me ( ct7abp@gmail.com ) que tentarei esclarecer dentro do possível.

Bons contactos, 73!

Nota: Não me responsabilizo obviamente por quaisquer danos que resultem de experiências relacionadas com este projecto, cabe a cada um de nós a usar da sensibilidade para saber o que deve ou não fazer com os seus equipamentos.

Pedro, CS7ABP

Esquema Interface Audio